O que há de novo?
Loading...

Dicas importantes para os cuidados dos cabelos

- Cabelos oleosos e secos nas pontas:  
Para esse tipo de cabelo é necessário utilizar produtos específicos, pois eles são capazes de equilibrar a oleosidade dos fios, deixando a raiz mais limpa e as pontas mais hidratadas. Já existem no mercado várias marcas de shampoos e condicionadores para os cuidados dos cabelos mistos.

- Cabelos finos e sensíveis: 
É importante usar condicionador também nesse tipo de cabelo, mesmo que não necessita usá-lo, pois o condicionador é fundamental para fechar a cutícula dos fios. Quando utilizamos o shampoo, ele tem a função de abrir a cutícula para fazer uma limpeza e retirar o excesso de resíduo, por isso é recomendado usar o mínimo possível de condicionador para não pesar os fios e fechar as escamas. Deve utilizá-lo apenas nas pontas. Já existem shampoos e condicionadores apropriados para esse tipo de cabelo.

- Cortar os cabelos: 
Dizem a lenda que cortar os cabelos a cada 30 dias fortalecem os fios. Na verdade cortar as pontas não vai fazer diferença em relação a fortalecimento, pois os cabelos crescem a partir da raiz. Passar a tesoura vai impedir que as pontas afinem e bifurquem, além é claro de melhorar a aparência da madeixa, mas fazer com que ele cresça mais forte isso não procede.

- Usar secador todos os dias nos cabelos: 
Além da alta temperatura que faz a água natural dos fios evaporarem, pode deixá-los desidratados e elétricos, o vento quente arrepia as escamas e ocasiona mais danos aos cabelos. Por isso ao utilizá-lo certifique que esteja a uma distância de pelo menos 15 cm para evitar mais estragos e procure sempre usar produtos específicos com termoativados que envolvem os fios, fortalecendo contra a agressão excessiva do secador.
Publicado em 02/09/2014


Dicas sobre a queda de cabelo e caspa

Quando se fala em queda de cabelo o desespero aparece. Mas cair até cem fios por dia é normal. Mas as alterações de hormônios, alimentação desequilibrada, estresse e produtos químicos podem agravar ainda mais o problema. Os xampus e loções especiais ajudam a fortalecer os fios, mas a consulta de um dermatologista antes de usá-los é essencial, pois ele indicará como proceder na utilização dos produtos. Mas para certificar se está ocorrendo à queda dos fios é importante observar se a raiz nas pontas dos fios, caso não tenha pode está ocorrendo a quebra dos cabelos, então é indicado fazer hidratações para recuperá-lo.

Quando se fala em caspa também é desconfortante, pois acontece uma descamação acentuada do couro cabeludo, que é causado principalmente pela oleosidade excessiva. Também pode estar associada a fungos presentes no organismo. O estresse também pode agravar o problema.
Loções e xampus a base de octopirox e jaborandi são eficazes para combatê-la.


Eu estava fazendo algumas pesquisas de rotina e me deparei com algumas dicas para amenizar ou evitar a queda de cabelo e vi uma dermatologista dizer que jamais use shampoo no comprimento dos cabelos, somente no couro cabeludo e faça uma boa massagem, mas com suavidade e se possível repita o procedimento até sentir o couro cabeludo limpo sem oleosidade. A espuma que desliza nos fios já é o suficiente para limpá-los. Também disse que é muito importante o uso do condicionador, pois ele tem a função de eliminar o efeito eletrostático que o shampoo deixa nos fios. 
Bem nunca fiz dessa forma, vou testar para ver se realmente limpa bem o comprimento e se não deixa os fios com aspecto ensebado. 
Vou testar não tenho nada a perder.

Outra dica: Nossos fios nascem em média 27 vezes, por isso nunca arranque os fios mais grossos eles têm a vida mais longa. Nós temos três tipos de fios na cabeça que são os grossos (pelo terminal) que tem em média 10 anos de vida, o médio (veloz) que vive em média 3 anos e o fino (lanugem) que vive em média 6 meses, por isso que recorre uma renovação que são de 100 a 150 fios por dia, pois já passaram o tempo de vida.

As informações fornecidas no Blog da Luh Fernandez são para simples referência. O seu conteúdo não deve ser utilizado para autotratamento e automedicação. Sempre procurar um médico, pois somente ele poderá indicar o melhor para a sua saúde e nada substitui a palavra de um especialista.
Copyright © 2017 Todos os direitos reservados pertence a Luh Fernandez. Tecnologia do Blogger.